terça-feira, março 13

Carta aberta para uma querida amiga...

 Para a querida Ingrid,

Sempre digo que quando começo a trabalhar não estou ali para fazer amigos, mas sim para trabalhar, deixo bem claro que não sou aquela pessoa chata que se fecha, não brinca, não dialoga, me dou bem com todo mundo, mas a gente sabe que são coisas diferentes, colegas de trabalho é colega de trabalho e nem sempre são os melhores amigos, pois para mim são dois conceitos diferentes, apesar de termos afinidades, não é isto que faz uma amizade verdadeira, dentro do meu conceito do que é amigo, mas sempre se tem a exceção, acho que deu para entender né? Já fiz muitos amigos que foram além do ambiente de trabalho, e que falo bastante apesar de muitos anos sem trabalhar junto, são estes que chamo de amigo. 

Sempre trabalhei na mesma instituição (faz muitos anos), e passei por alguns setores diferentes e de diferentes formas (como prestadora de serviço, bolsista e funcionária). Adoro trabalhar com grupo grande de pessoas, mesmo sabendo que dá muitos atritos, sei também que o aprendizado é grande, pois são várias pessoas com jeitos, educação e formação diferente.

Mas o porque eu estou escrevendo isto, é que faz pouco mais de uma semana que uma pessoa muito querida deixou de fazer parte do meu grupo de trabalho, e ela foi a pessoa mais importante para a criação deste blog, foi quem me deu muita força (acho que um pouco porque ela não aguentava mais ficar escutando eu falar dos outros blog, rsrsrs). Quero dizer que todos os outros que deixaram de fazer parte do grupo foram muito importantes, mas esta menininha (sim era o nosso bebê) foi muito importante para uma mudança em mim. E esta é uma das colegas de trabalho que chamo de AMIGA.

Brinco que ela é um bebê, mas somente na idade, pois esta menina é muito mais madura do que muita panela velha, rsrsrs (brincadeiras a parte!). Teve que crescer logo, sempre batalhou muito e está trilhando o caminho para o seu sonho (ela deixou a equipe para trabalhar na sua área de formação), é uma pessoa muito inteligente e linda por dentro e por fora (sim, LINDONA POR FORA, ela não gosta de receber elogios assim, fica toda envergonhada, até brincava que ela parecia a Natali Lamour)!

Foi ela uma das responsáveis por me redescobrir de várias formas, sempre me incentivando a ir atrás do meu sonho (quando muitas vezes eu já estava cansada e acomodada) a uma transformação, mesmo que de leve, na minha auto estima enquanto mãe cansada e embarangada, mostrando que coisas simples no dia-a-dia nos deixam mais lindas (comecei a me maquiar novamente, de vez em quando, rsrsrs, e deixei as unhas crescerem e a pintar de vermelho, procuro estar sempre com elas bem arrumadas!). Me ensinou a ter muito mais paciência, pois a que temos as vezes é pouca, conversávamos muito sobre a educação dos filhos (ela tem um lindo menino e é uma excelente mãe) além de muitas outras coisas que eu não consigo mais escrever de tanto que estou chorando!

Todo mundo sabe que eu não sou muito boa em escrever algo para demonstrar os meus sentimentos, talvez isto seja mais uma coisa que ela me ensinou. Tentei demonstrar aqui neste cantinho que você me ajudou a construir todo o meu carinho por você.

Muito sucesso para você nesta nova etapa de sua vida!!! Sucesso e saúde sempre! Beijos de uma grande amiga que está sempre torcendo por você.

6 comentários:

Ivna Pinna disse...

ahh que LINDO Tássia!
Muito sucesso pra sua amiga.
E parabéns por se deixar transformar tbm!

beijos

Izabella Medeiros disse...

Que legal...ela deve ter amado essa carta!
:D


Depois passa lá no Divã que tá rolando um sorteio muito legal!

Aline Sabes disse...

Vocês tem uma amizade muito linda...Preserve isso sempre pois amizades assim são raras na vida!

Beijos

Ingrid Bittencourt disse...

Querida Tássia...

MEU DEUS!
Estou sem palavras...nunca pensei em receber uma homenagem dessas de uma colega de trabalho (ou melhor, amiga). Que palavras lindas!!!

Estou muito, muito emocionada mesmo com toda essa demonstração de carinho que você publicou nesse post (inclusive não consigo parar de chorar, mas você sabe bem desse meu 'defeitinho')

Bom, o que dizer depois dessas tuas palavras tão bem ditas?
Realmente não vou saber falar tão bem como você, porém,
quero que saiba que você também me ensinou MUITO! Mas acho que o principal ensinamento foi o "ser mãe", no sentido mais amplo que isso possa significar, pois pra mim, você é um exemplo de mãe dedicada, responsável e carinhosa com aquela fofa linda da Maria!
Bom...nada que eu escrever aqui vai chegar perto de tudo o que você já disse, mas saiba que sinto o mesmo carinho por você e te desejo tudo o que você me desejou multiplicado por um milhão!

Hoje sou eu que estou indo, mas amanhã pode ser você, e com certeza você deixará marcado todas as tuas virtudes no coração de cada pessoa que passou no seu caminho, mas no meu coração você, com certeza, já tem o teu lugar reservado, pois sei que a nossa amizade é verdadeira, e amizades assim não vão embora.

Beijão, todo o sucesso do mundo para você e felicidades para a tua família!!

Ingrid

Liliane de Paula disse...

Tassia, amei sua ideia de colocar alho ao cozinhar as batatinhas para o purê. Mandei Clarice(serviçal) fazer agora para nosso almoço, assim.

Bianca disse...

Tassia, que homenagem linda.
Um brinde à amizade!
beijos